Bate-papo com o Wheel of the Year Tarot

20151221_205556-11. Quem é você?
Princesa de Paus: Sou aquele que caminha devagar, conhecendo o terreno antes de avançar. Busco sinais para que eu possa agir, e isso me torna mais reativo do que ativo em minha jornada.

2. Quais são seus pontos fortes?
Rei de Paus: Tenho o domínio da vontade e sei orientar quanto a isso. Se alguém busca saber o que realmente deseja, eu posso ajudar.

3. Quais são os pontos que precisa melhorar?
XXI. O Mundo: Tenho dificuldade em reintegrar todos os aspectos da psiquê de quem busca orientação comigo. É mais fácil eu lidar com uma coisa de cada vez do que mergulhar nas grandes questões que envolvem o universo. Então, se possível, não me use numa Mandala Astrológica ou numa Mandala do Ano (e, talvez, nem mesmo numa Cruz Celta), pois não gosto de lidar com tanta coisa de uma vez.

4. Que tipo de leituras prefere fazer?
5 de Espadas: Aceitar as perdas e aprender com elas. Com isso eu curo o passado e formo um presente mais estável.

5. Como você vai me desafiar?
Cavaleiro de Espadas: não espere que eu fique quieto quando uma questão for feita. Não, vou falar sem medo e sem que qualquer consequência possa realmente me afetar.

Bate-papo com o Steampunk Tarot

20151221_191540O Steampunk Tarot é um dos mais bonitos de minha coleção. O que será que ele tem a me dizer neste bate-papo?

1. Quem é você?
2 de Espadas. Sou aquele que busca o equilíbrio antes de agir, mas que se lança adiante antes que a inação me deixe tempo demais em cima do muro. Privando-me da visão eu ajo com razão clara e, espero, antes que meus atos se tornem impulsivos.

2. Quais são seus pontos fortes?
2 de Paus. Analisar situações e planejar o que deve ser feito é o que faço de melhor. Quer um insight sobre o futuro próximo? Deixe isso comigo.

3. Quais são os pontos que precisa melhorar?
Pajem de Copas. Não lido tão bem com minúcias ou com a busca de um amor platônico. Sou prático, racional, e, talvez, dotado daquela chama que explica algo exclamando Ciência!

4. Que tipo de leituras prefere fazer?
Pajem de Espadas. Gosto de explorar as possibilidades. Quer saber, hipoteticamente, sobre uma linha de ação que envolva estudo ou mistério? Ótimo! Quer descobrir o mapa para a mente (não o coração) de alguém? Perfeito! Não me venha com perguntas do dia a dia porque quero ser mais do que um tarot mundano!

5. Como você vai me desafiar?
4 de Copas. Braços cruzados e expressão entediada revelam bastante sobre mim… e sobre você. Ambos queremos mais e enjoamos da mesmice. Se as mesmas perguntas (ou variantes das mesmas) estiverem sendo feitas, não espere que eu seja muito receptivo a isso.

Bate-papo com o Dark Fairytale Tarot

20151214_195455Uma das coisas que planejei ao criar este site foi compartilhar minhas impressões acerca dos tarots (e outros oráculos) que eu chegar a usar. Contudo, não queria algo formal, como uma resenha, mas sim apresentar cada ferramenta como uma boa amiga, como se eu estivesse batendo um papo com ela.

Assim, baseado numa tiragem criada pela taróloga Lisa Frideborg, farei um bate-papo com o Dark Fairytale Tarot.

Vamos lá?

1. Quem é você?
Cavaleiro de Espadas. Eu me lanço adiante, em busca da glória que sei que posso alcançar. Sou um tarot que está pronto para enfrentar todos os desafios – quanto maiores, melhor.

2. Quais são seus pontos fortes?
8 de Espadas. Eu mostro quando alguém se deixa prender nos grilhões que criou sozinho ou que deixou que criassem. Trago o fim das desculpas ao revelar que são apenas muletas.

3. Quais são os pontos que precisa melhorar?
2 de Copas. Relacionamentos e sentimentos não são o meu forte, pois tendo a ser direto e racional. Lidar com os assuntos do coração requer um tato que nem sempre terei.

4. Que tipo de leituras prefere fazer?
Cavaleiro de Paus. Prefiro tratar das coisas de maneira direta, sem muitos meandros, sem meias palavras. Se quiser saber algo, pergunte claramente: não se distraia nem me distraia.

5. Como você vai me desafiar?
3 de Paus. Como o momento de decisão antes de enfrentar o perigo, eu trago o desafio da calma antes da tempestade. Paciência será a virtude que testaremos, pois minha ânsia de ir direto ao ponto forçará você a me segurar para que eu não revele mais do que o necessário.