Bênçãos de Samhain

Fui convidado pela Rainha dos Mortos a compartilhar de sua bebida, e o fiz. Meus olhos encontraram os seus e, enquanto sorvia o amargo líquido, vi a revoada de corvos atrás dela. Naquele momento, éramos iguais na jornada.

Isso pode resumir um pouco do que foi meu Samhain, celebrado junto da Ordem Druídica Ramo de Carvalho na maravilhosa Vila de Paranapiacaba (palco da XIV Convenção de Bruxas e Magos, e também do VIII Encontro Brasileiro de Druidismo e Reconstrucionismo Celta — vocês vão, não é?).
Depois, já de volta, fiz meu próprio rito pessoal de Samhain, sob a chama que ilumina os dias frios do inverno que se aproxima, anunciando a vinda da Cailleach, aproveitei para uma série de leituras auspiciosas nesse momento em que o véu é tão fino entre os mundos.

E, aproveitando, compartilho com vocês uma tiragem específica para este período.

Leitura para Samhain

Esta é uma tiragem de seis cartas, lidando com o Mundo Superior e o Mundo Inferior. As cartas devem ser dispostas da seguinte maneira:

3 – 1 – 5
4 – 2 – 6

1. Vida: o que receber neste momento?
2. Morte: o que deixar para trás?
3. Minha coragem: o que me dá forças neste momento?
4. Meu medo: o que preciso enfrentar?
5. Celebrar: pelo que devo ser grato?
6. Contemplar: sobre o que devo meditar neste momento?

Construindo pontes

pontesDizem que mais importante construir pontes do que erguer muros. Isso se refere a criar conexões entre o agora e o que se deseja alcançar, ao invés de simplesmente romper laços.

E, como tudo o que é simbólico, é possível encarar essa questão de maneira tarológica. Para tanto, proponho a tiragem abaixo.

Gosto de encará-la como algo mágico, pois me permite construir uma relação de Vontade Verdadeira com meu Eu atual. Muitas vezes sabemos onde queremos chegar, mas nos falta uma diretriz acerca de como proceder para transformar nosso momento presente no futuro que desejamos.

São três as cartas utilizadas, dispostas em uma linha horizontal. A primeira carta (situação atual) é colocada à esquerda, a segunda (o que se deseja alcançar) à direita, e a terceira (a ponte) fica ao centro.

1. Situação atual / Momento presente. Representa qual é o status quo, o que se está vivenciando agora.

2. Desejo. Identifica o que se almeja conseguir, aquilo que se quer verdadeiramente (muitas vezes escondido atrás da vontade consciente).

3. Ponte. Ligando as outras cartas, simboliza o passo que deve ser dado, a essência do movimento que leva você de um lugar a outro.

E você, chegou a usar essa tiragem? O que achou?

Ano do Hierofante

V2016 tem sido chamado de Ano do Eremita (2 + 0 + 1 + 6 = 9), mas não por mim. E nem para mim. 2016 é meu Ano do Hierofante.

Só para ser do contra?

Não, só porque essa é a carta que vai ressoar no meu ano pessoal. E isso é algo que não serve para todos, pois cada um tem a sua vivência.

Curiosamente, meu ano de nascimento também foi um Ano do Hierofante. Esse número 5 gosta de me seguir.

E o que significa esse Ano do Hierofante para mim? Veja as características da lâmina. Pense sobre elas. Note que eu estou com este blog de tarot onde procuro ensinar um pouco do que eu sei, desenvolvendo meu lado espiritual ao mesmo tempo em que eu me embrenho nos estudos… Todas essas facetas refletem a essência do Hierofante.

Sabendo disso, eu posso programar melhor meus afazeres a fim de maximizar esse potencial. É bom saber isso, não é?

E como se descobre o Arcano que rege o ano pessoal? É muito simples.

Fazendo os cálculos

Em primeiro lugar, some seu dia e mês de nascimento. Então, some o ano em questão e você conseguirá um número que precisará ser reduzido (não temos dois mil e tantos Arcanos no tarot).

Essa redução se faz da seguinte maneira: se o resultado do cálculo acima for maior do que 22 (com certeza é), some os algarismos do resultado, chegando a outro número, reduzido.

  • Se esse novo número reduzido for ainda maior do que 22, reduza-o outra vez.
  • Se for igual a 22, o Arcano regente é O Louco.
  • Se for menor do que 22, aquele será o número do Arcano.

Não entendi nada. Pode dar um exemplo?

Claro. Digamos que você nasceu em 30 de agosto e quer saber qual o Arcano que vai reger 2016…

Você vai encontrar dois Arcanos, sabia?

Isso acontece porque seu ano pessoal começa no dia do seu aniversário. Ou seja, você tem um Arcano regendo de 30 de agosto de 2015 a 29 de agosto de 2016 e outro regendo de 30 de agosto de 2016 a 20 de agosto de 2017. Lembre-se desse detalhe.

Voltando às contas… 30 de agosto (30 + 8) dá 38.

  • Somando a 2015, você tem 2053. Como é maior do que 22, você soma os algarismos do resultado (2 + 0 + 5 + 3) e obtém 10.
  • Somando a 2016, você tem 2054. Como é maior do que 22, você soma os algarismos do resultado (2 + 0 + 5 + 4) e obtém 11.

Ou seja, neste ano, de 1º de janeiro de 2016 a 29 de agosto de 2016, você está sendo regido pelo X. Roda da Fortuna.

E de 30 de agosto de 2016 a 31 de dezembro de 2016 é XI. A Justiça (não vamos entrar na discussão de antes, certo?) que rege sua vida.

Ficou mais claro agora? Se não, basta deixar um comentário e eu tento explicar de outra maneira.

Bem, meu ano é regido pelo V. Hierofante. E o seu?

Algumas associações do tarot com os signos zodiacais

ZodiacDe vez em quando alguns alunos me perguntam sobre as associações dos signos do zodíaco e os Arcanos Maiores do tarot. É uma pergunta pertinente mas, para quem está começando, acaba sendo informação demais. É preciso dar um passo de cada vez para se chegar ao destino.

Contudo, acho importante colocar algumas dessas associações aqui na página, para referência futura. Não é algo definitivo, mas apenas inspirador para quem desejar buscar as correspondências mais a fundo no futuro.

Vamos lá?

Áries (21 de março a 19 de abril)
IV. O Imperador. Representa sua lealdade e sua capacidade de ficar sempre ao lado de seus amigos, não importa qual o tamanho da enrascada em que se meteram. Além disso, sua autoridade e seu poder de análise de uma situação são sempre úteis para orientar os outros a alcançar seus objetivos.

Touro (20 de abril a 20 de maio)
V. O Hierofante. Representa o conhecimento adquirido na sua busca por ideais maiores e na exploração das tradições verdadeiras. Em seu íntimo, você é capaz de chegar ao âmago das questões mais profundas para compreender e revelar as grandes lições da vida.

Gêmeos (21 de maio a 20 de junho)
VI. Os Enamorados. Representa a natureza das grandes lições morais com as quais tem de lidar. Você se sente encorajado a ponderar acerca das escolhas diante de você para, no fundo, seguir o caminho que acha mais íntegro.

Câncer (21 de junho a 22 de julho)
VII. O Carro. Representa sua força e seu orgulho, que o leva a seguir um rumo correto entre os conflitos diante de você. Mesmo que busque segurança, você também ama a liberdade que sua intuição lhe confere ao seguir em frente.

Leão (23 de julho a 22 de agosto)
VIII. A Força. Representa sua força emocional, mental e espiritual. A coragem que ajuda a atravessar os obstáculos da vida também lhe dá a certeza de que nada pode se opor entre você e seu destino.

Virgem (23 de agosto a 22 de setembro)
IX. O Eremita. Representa a busca interior de um objetivo na vida. Quando você se enclausura para explorar os mistérios que o cercam, você se abre para a inocência da vida.

Libra (23 de setembro a 22 de outubro)
XI. A Justiça. Representa sua busca de equilíbrio entre desejos e necessidades. Para alcançar um resultado justo, é preciso deixar seus sentimentos e emoções de lado, pois ao alcançar isso você conseguirá atingir um bem maior.

Escorpião (23 de outubro a 21 de novembro)
XIII. A Morte. Representa a sua busca por se transformar a cada instante. Você encontra prazer ao libertar seu espírito e renascer, não se prendendo aos grilhões que encarceram os outros, podendo se tornar o mistério que todos almejam descobrir.

Sagitário (22 de novembro a 21 de dezembro)
XIV. A Temperança. Representa sua moderação. Você é capaz de mediar conflitos, encontrando um equilíbrio entre compreensão e percepção, atravessando as turbulências que ousarem se interpor entre você e seu destino.

Capricórnio (22 de dezembro a 19 de janeiro)
XV. O Diabo. Representa sua busca em encarar sua sombra para dela obter o conhecimento necessário para a transformação espiritual. Você é capaz de devolver toda a negatividade que tenta atingi-lo, transmutando-a na certeza de ideais que fazem de você quem é de verdade.

Aquário (20 de janeiro a 18 de fevereiro)
XVII. A Estrela. Representa seu eterno otimismo. Quando você tem esperança naquilo que acredita de verdade, você pode alcançá-lo. Assim, cabe a você levar essa certeza da vitória espiritual aos que o cercam.

Peixes (19 de fevereiro a 20 de março)
XVIII. A Lua. Representa sua mudança de humor constante. Ao se conectar com os ciclos naturais e usá-los de maneira intuitiva, você se torna senhor das suas emoções e pode ajudar os que buscam seus conselhos.

E você, faz outro tipo de associação entre o zodíaco e os Arcanos do tarot?

Quem é você?

XXI. O MundoUm casal de tarólogos conversa amigavelmente à noite. Então, a esposa vira e pergunta ao marido:
-Amor, se eu fosse uma das lâminas do tarot, qual eu seria?
O marido olha para ela, abre um sorriso, e responde:
-O Mundo, meu docinho.
-Que lindo! – exclama a esposa. – Então eu sou tudo para você?
-Não, meu docinho… Você está redonda.

Cai o pano. Risadas de fundo. E sim, ele dormiu no sofá naquela noite.

Piada infame à parte (que eu acabo contanto em todo curso de tarot que ministro), a pergunta da esposa fictícia tem fundamento: Que carta somos?

Muito já foi discutido acerca do Significante (que, segundo Jana Riley, é uma Carta da Realeza, ou às vezes outra carta, escolhida antes do começo da leitura para representar o consulente ou a questão), e algumas pessoas sempre a utilizam (se bem que isso talvez seja um tema para discutirmos adiante). A ideia aqui é fazer algo a mais, numa prática diferente.

Quem é você hoje? Como você está se sentindo hoje? Que carta do tarot representa isso?

Não se preocupe em tentar encontrar essa resposta somente nas 16 cartas da Corte. Deixe que sua intuição lhe guie até uma das 78 cartas como um todo… Tem dias em que estamos como o 4 de Copas, tem outros em que estamos como o 10 de Ouros, tem dias em que estamos como o IX. O Eremita… Encontre a si mesmo no dia de hoje, sem rótulos, sem pressão.

Lembre-se de que você, hoje, é diferente de ontem. Não busque uma lâmina que diga, no geral, como você é: encontre-se hoje, do jeito que está, sem viés.

A partir daí, conduza uma meditação ativa como a sugerida semana passada. Aprenda com a carta que lhe representa neste momento. Entenda o que está se passando em sua vida.

Assim, talvez, haja uma maior compreensão de tudo ao seu redor, pois é preciso conhecer a si mesmo antes de conhecer o outro.

E então, quem é você hoje?