Espaço de leitura

tarottableSeu espaço de leitura é um espaço sagrado. É nele que você mergulha e se vê fora da correria do mundo profano. É como se você abrisse um círculo mágico e, nele, você e suas cartas (e seu cliente) se tornam a única coisa que existe.

Para isso é preciso mais do que um espaço físico (uma mesa de leitura), mas também uma mudança de mentalidade, de estado de espírito. Para alcançar tudo isso, nós recorremos aos quatro elementos representados pelos naipes dos Arcanos Menores do tarot.

Espaço físico – Ouros

O espaço físico é sua mesa de leitura. Mantenha-a organizada, removendo tudo o que não for auxiliar na hora de interpretar as cartas. Além disso, é também o espaço ao redor dela: as cadeiras, que devem ser confortáveis, e o que estiver em volta (pense naquilo que pode ser mais aconchegante para você e para seu cliente e remova, na medida do possível, tudo o que atrapalhar).

Espaço mental – Espadas

Respire, deixe de lado a correria do dia a dia e os problemas (cante comigo o trecho de Hakuna Matata: os seus problemas você deve esquecer!). Mantenha a mente focada no que você está fazendo agora. Se for o caso, coloque alguma música para ajudar a relaxar.

E não esqueça de convidar seu cliente (se estiver atendendo alguém presencialmente ou pela internet) a fazer o mesmo: respirar no mesmo ritmo faz com que as pessoas entrem em sintonia.

Espaço espiritual – Paus

Deixe por perto elementos de conexão com seu lado espiritual. Para alguns, pode ser uma simples representação dos quatro elementos (terra, ar, fogo, água). Para outros, é a imagem de alguma divindade ou um símbolo (como uma triquetra, uma lemniscata de Bernoulli – um 8 deitado ou o símbolo do infinito) ou ainda uma mandala. Alguns tarólogos transformam sua mesa de leitura em um verdadeiro altar, outros mantém um altar próximo, e ainda alguns não usam nada além do tarot como um símbolo de sua conexão com o lado espiritual.

Espaço emocional – Copas

Sinta-se bem. Sinta-se seguro. Se estiver com um cliente, faça com que ele também se sinta assim, estabelecendo um rapport, uma relação de confiança. Se o lado emocional estiver abalado, é preciso fortalecê-lo antes de seguir em frente.

Deixe um comentário