Consagração simples do tarot

CorreiosQual o caminho que seu novo tarot faz até chegar em suas mãos? Por quantas pessoas ele passa? Mesmo se considerarmos que impressão, corte das cartas e embalo sejam feitos de maneira automática (o que não é, pois há pessoas envolvidas em partes do processo), os baralhos ainda são encaminhados aos distribuidores ou lojistas, e só então chegam a você. Em alguns casos, até mesmo sua compra pode passar pelas mãos de outras pessoas, como carteiros e porteiros que recebem o pacote.

E todas essas pessoas estão tendo dias maravilhosos, sempre de bem com a vida, exalando energia positiva em tudo o que fazem, né?

Bem, por via das dúvidas, caso alguma delas não esteja tão feliz, é melhor limpar e consagrar seu tarot. É algo que pode ser feito rapidamente, sem muitas complicações.

“Mas eu não acredito nessas energias todas. Acho que o tarot é apenas uma ferramenta como outra qualquer.”

Sem problemas. Se não acredita nisso, não há razão para purificar suas cartas. Mas não quer dizer que os que acreditam não devam saber como se faz, certo?

Drusa de ametistaMétodo de limpeza 1: Drusa de ametista

A ametista é uma das cinco pedras preciosas da antiguidade (rubi, esmeralda, safira e diamante são as outras quatro) e possui uma capacidade singular: energeticamente ela é autolimpante. Isso significa que você pode simplesmente deixar suas cartas sob uma drusa ao longo de uma noite que todas as eventuais energias ruins serão dela removidas. Recomenda-se para isso uma drusa que tenha uma base relativamente plana, a fim de não entortar suas cartas – ainda assim, costumo fazer essa limpeza inicial ainda com as cartas dentro da caixa original, pois isso ajuda mantê-las fisicamente como sempre estiveram.

SálviaMétodo de limpeza 2: Sálvia

Defumação com um sálvia branca é algo muito usado no xamanismo por conta das propriedades da fumaça das folhas secas. Basta acender um chumaço e passar as cartas uma a uma pela fumaça, permitindo que qualquer impureza seja levada para longe.

Há, no entanto, algumas contraindicações para esse método: a fumaça pode incomodar algumas pessoas, e as cartas podem ficar impregnadas com o aroma caso sejam mantidas por muito tempo em defumação. Se isso não for problema para você, é algo até mais rápido de fazer (em meia hora você consegue defumar tudo).

Consagração simples do tarot

Tendo as cartas livres de energias negativas, tome-as em suas mãos e se prepare para consagrá-las. Uma das maneiras mais simples é declarar suas intenções, dizendo claramente o que deseja com elas.

Isso é algo pessoal, mas para que vocês tenham uma ideia de como fazê-lo, aqui vai uma declaração de intenções simples:

Eu, <diga seu nome completo>, consagro estas lâminas para que tragam luz onde antes só havia trevas.

Eu, <diga seu nome completo>, consagro estas lâminas para que tragam orientação e sabedoria, para mim e para os que buscam meu aconselhamento, visando o bem de todos.

Eu, <diga seu nome completo>, dedico estas lâminas ao serviço de todos os que buscam sabedoria, conhecimento e crescimento espiritual, trazendo a paz e a compreensão.

Eu, <diga seu nome completo>, dedico estas lâminas ao desenvolvimento de minha intuição e à busca constante por aperfeiçoamento como oraculista, para que eu possa compreender o significado de suas mensagens e transmitir o que aqui aprender com veracidade e compaixão.

Assim, por ser esta a minha vontade e meu desejo, que sejam estas lâminas consagradas e dedicadas. Que assim seja e assim se faça, pois assim o é.

One thought on “Consagração simples do tarot

Deixe um comentário