Sobre runas

Este artigo inaugura uma série de participações especiais, que visam ampliar o leque de conhecimento dos que leem este blog.

As runas são símbolos pertencentes a um antigo alfabeto utilizado pelos velhos povos europeus. Não se sabe ao certo datar sua origem, alguns dizem que existem inscrições remanescentes do período neolítico, outros ligam sua origem aproximadamente do século II depois da era comum. Cada símbolo possui som e significados próprios e estão ligadas a uma ideia, momento, e/ou sentimento, emanando assim uma energia específica quando utilizado. Eram usadas na demarcação de túmulos, inscrições em armas, pedras, na entrada das casas etc., e possivelmente em encantamentos (palavras faladas que contém um poder mágico). Devido ao seu grande poder tornaram-se também um oráculo.

As pedrinhas ou risquinhos como dizem, tem grande poder, e seu uso é extenso. Nos dias atuais são usadas em terapias para reequilíbrio energético, em amuletos e talismãs para uso pessoal ou proteção do lar e ambientes diversos, bem como em magias e feitiçarias (não recomendado para leigos ou iniciantes na prática), e claro temos a cerejinha do bolo seu uso oracular.

Alguns significados da palavra runa remetem a segredo, ou ainda sussurro. Então me atrevo a dizer que consultar as runas é como desvendar segredos. Segredos sussurrados aos ouvidos daqueles que verdadeiramente querem saber a verdade. Mais do que uma previsão, vejo as runas como caminhos de orientação, onde tornamos conscientes nossos desejos, medos e anseios, e dessa forma tomamos para nós a responsabilidade de tomar decisões por este ou aquele caminho ciente dos prós e contras tão claros ali diante de tão poderosos símbolos.

Sua ação é rápida, seus ensinamentos claros e objetivos. Seu aprendizado pode ser dolorido, mas se vivido com serenidade, é recompensador.

É uma grande viagem, da qual recomendo apenas aos corajosos.

Para saber mais os convido a conhecerem mais sobre as runas e meu trabalho em https://iniciacaoasrunas.wordpress.com/ e a participarem da 1ª Conferência Brasileira de Runas, evento que acontece em 13 de maio de 2017 e reúne grandes estudiosos, profissionais, e amantes desse alfabeto antigo e sagrado.


Ligia Raido, autora deste artigo, é runemal, bruxa (Strega) e, senhora do seu caminho, é também empreendedora.

Deixe um comentário